Black Friday 2020: 4 estratégias digitais para seu negócio se destacar

Black Friday 2020: 4 estratégias digitais para seu negócio se destacar

07 October 2020

Na maior parte do país, o funcionamento do comércio está sujeito às restrições de segurança contra a COVID-19. E isso pode refletir nas vendas. Entenda como investir em estratégias digitais para vender na Black Friday, mesmo em meio a esse cenário. 

Uma das datas comerciais mais importantes para os lojistas, a Black Friday, vai exigir um planejamento diferenciado.

Principalmente apoiado em estratégias digitais para acompanhar as novas tendências de consumo adquiridas pelos brasileiros nos últimos meses.

Ainda que muitos comércios tenham de se adaptar para uma realidade diferente nesse ano, isso não é negativo!

Segundo dados da Ebit Nielsen, as vendas online durante a Black Friday 2019 superaram cerca de R$ 3,2 bilhões. Já para esse ano, a Ebit espera um crescimento de 20% comparado ao ano passado.  

Por isso, com os consumidores mais habituados a comprar online junto às expectativas de crescimento para o comércio eletrônico é preciso aproveitar as oportunidades.

Continue a leitura para conhecer 4 estratégias digitais para seu negócio se destacar na Black Friday 2020. 

Veja um pouquinho do que vamos te contar:

  • Pesquisa de tendências
  • Comportamento do consumidor
  • Estratégias de atendimento

Estratégias digitais para a Black Friday 2020

Com certeza você já sabe da importância de investir em bons conteúdos nas redes sociais, certo? Afinal, manter seu site ou e-commerce atualizados e preparados para uma grande quantidade de acessos é imprescindível. 

Caso ainda esteja em dúvidas sobre esses assuntos também, indicamos uma leitura: Marketing Digital para micro e pequenas empresas: aprenda como fazer.

Agora, vamos entender os hábitos de consumo para este ano? 

1. Pesquise tendências (mesmo!)

Não é novidade que o comportamento de consumo mudou por conta do período, certo?

Ainda mais durante as regras mais rígidas de isolamento social. Em vista disso, quase ninguém saiu ileso de realizar ao menos uma comprinha online. 

Lembra dessa cena clássica de Black Friday?

Pois é, nesse ano não espere por nada disso: desde as conhecidas filas de clientes esperando madrugada afora, lojas superlotadas com pessoas disputando produtos, até horários estendidos em shoppings etc.

Ainda que muitos locais já estejam flexibilizando medidas de segurança, é esperado que os consumidores prefiram manter o hábito de consumir online. Seja por segurança ou pela comodidade adquirida mesmo. 

Segundo uma pesquisa realizada pela Criteo para identificar as tendências de comportamento do consumidor, entre os brasileiros entrevistados, 80% afirmam que continuarão comprando presentes através do e-commerce. 

Nesse contexto, uma vez que já se espera uma Black Friday diferente e muito mais digital, estar de olho nas pesquisas de tendências é um dever de quem empreende. Isso pode ajudar muito a planejar estratégias digitais que estejam ao encontro do que o consumidor procura. 

Por isso, atente-se aos grandes portais de varejo, blogs, notícias, acompanhe as hashtags nas redes sociais (#blackfriday, #blackfriday2020, #blackfridaybrasil) e não planeje nada sem antes entender as tendências para o seu nicho de negócios. 

2. Saiba criar senso de urgência nas estratégias digitais   

No tópico anterior, já citamos o exemplo das pessoas que esperam em filas durante horas para conseguir comprar o item desejado por um preço melhor. 

O que faz com que essas pessoas queiram chegar primeiro nas lojas é o senso de urgência, que cria uma necessidade imediata de comprar coisas que, nem sempre, são realmente tão urgentes assim. 

Dessa forma, saber como provocar o senso de urgência em suas estratégias digitais é fundamental. Assim, mesmo comprando online, o consumidor sentirá necessidade de comprar agora, ao invés de deixar para depois.  

Uma boa estratégia para isso é focar nos benefícios que um produto pode proporcionar na vida do consumidor. Ou seja, não fale excessivamente sobre o produto em si, mas ajude o consumidor visualizar sua vida melhor com aquele item. 

Por exemplo, se você vende um cosmético, que tal investir em conteúdos que falem sobre os benefícios do uso daquele produto, ao invés de apenas falar sobre seus componentes que nem todo mundo entende?

Assim, você faz com que o consumidor visualize a necessidade daquele item em sua vida por conta do benefício. Aliado a uma boa oferta nos canais corretos, com certeza é uma receita sem erro. 

mini guia do atendimento ao cliente delivery

3. Entenda como se fazer presente na vida do consumidor 

Em um ano em que as pessoas ficaram em casa a maior parte do tempo, é fundamental pensar no contexto das compras realizadas. Afinal, certamente não é mais o mesmo de antes. 

Por exemplo:

Será que um voucher válido por um tempo maior não é melhor que um item que faça seus clientes irem até à loja física? 

Ainda nessa linha, analise quais atrativos realmente são importantes para seu cliente nesse momento. Oferecer frete grátis pode ser muito mais importante do que um desconto de 10%, por exemplo.

Dessa forma, esse olhar é muito importante para as estratégias digitais de vendas na Black Friday deste ano, afinal, as receitas anteriores não cabem mais neste momento. 

4. Saiba como fazer um bom atendimento, é claro 

Por último, mas não menos importante, com certeza o atendimento é um dos itens fundamentais em nossa lista. 

Um estudo do instituto Walker anos atrás afirmou que até 2020 a Customer Experience (experiência do cliente) seria mais importante do que o preço e produto. Já podemos afirmar que acertaram, não é? 

Com certeza o atendimento se tornou um dos grandes diferenciais competitivos de empresas de diversos tipos, e mesmo online isso não deixa de ser importante. 

Mesmo sem a presença de um vendedor o tempo todo, o consumidor de e-commerce espera um bom atendimento nos canais oferecidos pela loja, sejam eles redes sociais, chat online, e-mail ou central de atendimento. 

E, cá entre nós, é claro que a preferência está nos canais mais ágeis e dinâmicos, como chatbots e atendimento via WhatsApp. 

Por isso, se sua empresa ainda não está preparada para oferecer um bom atendimento nos canais digitais, com certeza este deve ser seu primeiro passo.

Afinal, no comércio eletrônico é ainda mais fácil desistir de uma compra sem enfrentar os argumentos dos vendedores. Já imaginou quantos negócios podem se perder por frustrações no atendimento?

Para te ajudar, queremos te indicar um material completo para iniciar as estratégias digitais de seu atendimento pensando na experiência do cliente em cada ponto de contato!

Experiência do cliente

Sendo assim, agora que já conheceu essas dicas, hora de começar as pesquisas para se planejar! Conta pra gente o que achou nos comentários?

Start Today!

Digitize your customer service and make communication with your customers. Schedule a demonstration and get to know our product.

MKtzap Logo
mktzap logo

Jobs

We're hiring!
Check our vacancies!