Black Friday 2019: saiba o que esperar do consumidor

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Confira 3 fatores que indicam se o seu e-commerce tem no radar o que vem pela frente na maior liquidação do varejo online no Brasil

Falta bem pouco para a maior liquidação do comércio online no Brasil. Para a Black Friday deste ano, as perspectivas novamente são positivas inclusive por conta da pequena retomada da economia, da primeira parcela do 13º salário e até do saque imediato de um parcela do FGTS. Tudo isso ajuda a ampliar o potencial dos descontos e promoções, contribuindo para uma alta esperada de 18% nas vendas em relação à edição de 2018, segundo a Ebit Nielsen. 

A julgar pela Semana do Brasil, realizada em setembro, o varejo online tem motivos de sobra para esfregar as mãos. Só nos quatro primeiros dias (6 a 10 de setembro), as lojas virtuais faturaram cerca de R$ 1,1 bilhão – 37,6% a mais do que no mesmo período do ano passado, quando ainda não havia a semana promocional.

Mas será que o seu e-commerce tem no radar o que vem pela frente na semana de 29 de novembro?

Com a expansão da Black Friday nos últimos anos, não só as lojas físicas aderiram à data como diversos segmentos além dos eletrônicos passaram a atrair consumidores com preços especiais. Quem vende produtos de moda, beleza e até bebidas, assim como itens de praticamente qualquer categoria, pode aproveitar o momento para aumentar o faturamento ou até mesmo atrair novos consumidores que ainda não conhecem a sua marca – e podem experimentar o que você tem a oferecer pagando um preço mais baixo.

Por falar em consumidor, todos eles têm ficado mais cautelosos com a Black Friday. O objetivo é evitar pegadinhas como falsos descontos, compras de produtos que já não estão mais disponíveis em estoque e até a demora no recebimento dos itens. Segundo o site BlackFriday.com.br, 97% das pessoas dizem que costumam ficar de olho nos preços antes dessa semana especial do varejo. Então não adianta ludibriar a clientela: garanta todas as condições necessárias para não fazer feio nessa data.

A boa notícia é que a demanda é praticamente garantida. De acordo com o mesmo estudo, na Black Friday do ano passado, pelo menos metade dos consumidores tomaram uma decisão de compra sem ter planejado antes, atraídos pelos descontos. Mas lembre-se: toda essa alta procura também exige experiências positivas para um número acima da média de consumidores. O bom atendimento é um fator decisivo que pode torná-los fiéis à sua loja online – ou não.

Confira abaixo três fatores importantes para que o seu e-commerce tenha resultados positivos na Black Friday desse ano, sem descuidar da experiência do cliente.

O que o cliente ganha na Black Friday?

Comunique com clareza quais são as vantagens que você está entregando para o consumidor. Aqui não basta informar quais são os preços e condições especiais, mas também qual é a diferença em relação a períodos não promocionais e até quando duram os descontos. Se for possível, vale até mesmo ir além com a oferta de brindes, cupons e frete grátis.

Em contrapartida, os clientes podem te dar uma resposta mais do que positiva. Se você anunciar quais categorias terão descontos antes mesmo da semana mais esperada do e-commerce, você não só age de forma transparente com o consumidor como ainda estimula o compartilhamento orgânico do link da sua loja virtual, o que pode apoiar as vendas. Já pensou nisso?

Não perca vendas com gargalos desnecessários

O consumidor pode até perder alguns minutos observando os produtos e descontos que o seu e-commerce está oferecendo na Black Friday. Mas ao fechar a compra e receber o produto, ele pede agilidade, facilidade e conveniência.

Você sabia que 40% dos internautas saem de uma página móvel caso ela demore mais de três segundos para carregar? E que 65% deles baseiam suas decisões de compra na conveniência – e não apenas no preço?

É muito importante eliminar pontos de atrito que podem atrapalhar a experiência do cliente na sua loja online e até fazê-lo desistir da compra. Evite lentidão na navegação, elimine etapas desnecessárias que exigem muitos cliques e garanta que o site possa ser acessado por diferentes dispositivos – especialmente o smartphone.

Você fez estoque, definiu os descontos… Mas e o atendimento?

A Black Friday naturalmente atrai mais tráfego de internautas para muitos lojistas online. É fundamental saber lidar com a maior demanda – não só por compras, mas também por dúvidas e esclarecimentos. E não estamos falando só do atendimento por telefone.

É aí que entram ferramentas avançadas – e cada vez mais acessíveis para e-commerces de qualquer porte – para manter um diálogo individual e humanizado com o consumidor. Chatbots dotados de inteligência de dados proporcionam essa interação personalizada em diferentes canais de atendimento, de acordo com a preferência de cada consumidor.

Para entender a necessidade desse recurso, basta se colocar no lugar do comprador. Se eu adquiro algum produto na internet, quero me sentir seguro e à vontade para acionar o lojista a qualquer momento se eu precisar – não importa se por chat, WhatsApp, Messenger ou SMS.

É exatamente isso que as soluções da New Way podem te proporcionar. Gostou das nossas dicas? Somos a solução digital que pode melhor te atender. Baixe nosso e-book para não perder vendas!

Ou entre em contato e conheça nossos serviços.

Newsletter
Receba novidades!